sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Tomates com amor, para Vivi!



Querida Vivi, a receita é simples!

Corte o tomate ao meio e retire suas sementes. Aliás, é um dos únicos casos que retiro as sementes. Confesso mandar tudo com semente em quase todas as receitas pois acho as meninas bem gostosas. Aqui elas devem mesmo sair para dar espaço ao recheio.

Tomates limpos. Salpique sal e pimenta-do-reino por dentro da canoinha. Se a sua opção for sem gordura, é isso mesmo. Se não, pode dar uma regadinha com azeite também.

Recheio: Amasse um tanto bom de ricota com as pontas dos dedos. O Theo pode ajudar nesta parte.
Pique cheiro-verde e junte ao queijo. Uma pitada de nós-moscada e outra de orégano vão muito bem. Gosto de juntar uma colher de gergelim torrado para dar aquele gostinho de "o que é isso mesmo?!".
Caso tenha um processador podes passar tudo isso por ele. O recheio ficará com esta carinha mais homogênea.

Mantenha o Théo ao seu lado e comecem a rechear as barquinhas. Pode ser com uma colher ou com as mãos bem limpinhas!

Aí você pode mandar assim mesmo para a mesa e comer como salada ou esquentar no forno com um fio de óleo de coco para dourar seu tomatinho.

Manda a foto depois? Ah, e chama a Mari para provar, tá?

beijocas,

Nanda

2 comentários :

Viviane Fecher disse...

Nanda, sua Danada!!! Peço uma receita e ganho essa declaração de amoooooooorrrr! Guenta aí, MariMarinada!! beijuuuuuuuus

Croda disse...

Dica danadíssima esta! Só não prova quem não quer! E a parte do Téo então ? Arrasadora! Hoje,eu e Benicio montamos sanduíches juntos! Delicioso. Tudo.

Postar um comentário